Bula de Remédio: Eritromicina


_

Estolato: Eribiotic®, Eriflogin®, Eripan®, Eritax®, Eritrex®, Ilosone®, Lisotrex®.

Eritromicina (estearato ou etilsuccinato).

Receituario Especial

GRUPO FARMACOLÓGICO
Antibiótico; macrolídeo.

APRESENTAÇÕES E PREÇOS COMERCIAIS
Cps ou cpr com 250 (12 cps R$ 21,43) ou 500 mg (10 cpr R$ 25,49); susp com 125 ou 250 mg/5 mL (R$ 18,05); solução tópica de 20 mg com 120 mL (R$ 17,64).

APRESENTAÇÕES/PREÇOS FARMÁCIA POPULAR
Cpr de 500 mg (R$ 0,54); fr de 60 mL para susp oral com 125 mg/5 mL (R$ 2,30).

ESPECTRO
Ativa contra Mycoplasma sp., Legionella sp., Streptococcus pyogenes, Streptococcus pneumoniae, Staphylococcus aureus suscetíveis à oxacilina, Chlamydia sp., Campylobacter jejuni e Neisseria sp. Age contra alguns bacilos Gram-positivos, como Clostridium perfringens e Listeria monocytogenes. Tem atividade contra Pasteurella multocida, Borrelia sp., Bordetella pertussis. Moderada atividade contra Haemophilus influenzae. Ativa contra algumas micobactérias atípicas, como Mycobacterium scrofulaceum e Mycobacterium kansasii.

USO
Infecções por Mycoplasma pneumoniae e Legionella sp. Também é efetiva para infecções causadas por S. pneumoniae, Streptococcus sp., Chlamydia sp., C. jejuni, C. diphtheriae, Neisseria gonorrhoeae e para infecções leves causadas por S. aureus sensíveis. Pode ser usada na profilaxia de endocardite bacteriana subaguda e na recorrência da febre reumática em pacientes alérgicos à penicilina. É opção para o tratamento de gonorreia e de sífilis em pacientes que não podem usar penicilina ou tetraciclina. Efetiva para eliminar o estado de portador agudo e crônico de difteria. Se usada precocemente na coqueluche, pode abreviar a duração da doença.

CONTRAINDICAÇÃO
Uso concomitante de derivados do ergot, cisaprida e pimozida.

POSOLOGIA
30-50 mg/kg/dia, VO ou EV, divididos de 6/6 h. Adultos: 250 mg-1 g, VO, de 6/6 h; ou 500 mg-1 g, EV, de 6/6 h. Uso limitado por flebite.

MODO DE ADMINISTRAÇÃO
O estolato, o etilsuccinato e os cpr com proteção entérica não são afetados pela alimentação. As formas parenterais devem ser administradas somente em infusão EV. Nas apresentações disponíveis em fr-amp, reconstituir cada grama de eritromicina em 20 mL de água destilada e, após, diluir em SF 0,9% ou em solução de Ringer lactato. Observar uma concentração final entre 1-5 mg/mL. Infundir em 20-60 min.

EFEITOS ADVERSOS
Irritação gástrica, diarreia, hepatite colestática (infrequente e associada ao estolato de eritromicina). Exantema, febre, eosinofilia e anemia hemolítica. O uso EV, pelas doses elevadas, pode causar arritmias cardíacas e ototoxicidade, além de flebites.

RECEITUÁRIO
Receita Branca de Controle Epecial em 2 vias.

COMENTÁRIO
Não penetra no SNC. Penetra bem no fluido prostático.
Tem maior atividade em pH de 5,5-8,5.
Resistência cruzada com outros macrolídeos.



Categoria: Medicamentos.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>