Bula de Remédio: Hidrocortisona


_

Cortison®, Cortisonal®, Cortiston®, Hidrocortex®, Hidrosone®, Solu-cortef®.
Succinato sódico de hidrocortisona.

GRUPO FARMACOLÓGICO
Corticoide sistêmico.

APRESENTAÇÕES E PREÇOS COMERCIAIS
Fr-amp com 100 mg (R$ 3,68) e 500 mg + diluente (R$ 8,46).

APRESENTAÇÕES/PREÇOS GENÉRICOS
Fr-amp com 100 mg (R$ 2,83) e 500 mg + diluente (R$ 6,53).

USO
Insuficiência adrenocortical primária ou secundária, hiperplasia adrenal congênita, tratamento adjuvante na colite ulcerativa, antes de cirurgias ou em caso de trauma ou de doença grave em pacientes com insuficiência adrenocortical duvidosa ou comprovada, asma grave.

CONTRAINDICAÇÃO
Infecção fúngica sistêmica.

POSOLOGIA
Em urgências (anafilaxia, asma aguda grave, interrupção acidental do corticoide), a dose habitual é de 100-500 mg, EV, a cada 6 ou 8 h, até que o paciente tenha estabilizado, geralmente entre 48 e 72 h. Na reposição por estresse ou cirurgia de médio porte após corticoterapia crônica recente ou em corticoterapia atual, 50 mg, EV, 12 h antes, ou 100 mg, EV, no momento da indução; nas cirurgias de grande porte, 50 mg, EV, 12 h antes, e 100 mg, EV, no momento da indução. Após, 50 mg, EV, a cada 8 ou 12 h, durante 2-3 dias, em ambos os portes de cirurgia. Para colite ulcerativa, administração retal de 10-100 mg, 1-2x/dia por 2-3 semanas.

MODO DE ADMINISTRAÇÃO
EV (preferível em casos de urgência) ou IM. As doses habituais IM são as mesmas da administração EV, tópica e retal.

EFEITOS ADVERSOS
Incluem insônia, pesadelos, nervosismo, ansiedade, euforia, delírio, alucinações, psicose, cefaleia, tontura, aumento do apetite, hirsutismo, hiper ou hipopigmentação, osteoporose, petéquias, equimoses, artralgia, catarata, glaucoma, epistaxe, amenorreia, síndrome de Cushing, insuficiência adrenal, hiperglicemia, DM, supressão do crescimento, retenção de água e sódio, edema, aumento da PA, convulsão, perda de massa muscular, fraqueza, fadiga, miopatia, redistribuição da gordura corporal (acúmulo na face, região escapular [giba] e abdome), aumentos dos ácidos graxos livres, hipocalemia, alcalose, policitemia, leucocitose, linfopenia, aumento da suscetibilidade a infecções, reativação de tuberculose latente, osteonecrose (necrose avascular ou séptica), osteoporose.

COMENTÁRIO
Quando o tratamento com doses elevadas de hidrocortisona for prolongado por mais de 48-72 h, pode ocorrer hipernatremia. Nesse caso, é recomendado substituir a hidrocortisona por metilprednisolona, que produz pequena ou nenhuma retenção de sódio.



Categoria: Medicamentos.

1 Comentário em Bula de Remédio: Hidrocortisona

  1. HERONDINA CARVALHO :

    Bom dia! Solicito, por gentileza, contato para encaminhar pedido de orçamento…

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>