Bula de Remédio: Valproato de sódio / Ácido Valproico


_

Depakene® (ácido valproico), Depakote® (divalproato sódico), Epilenil® (ácido valproico), Torval CR® (ácido valproico + valproato de sódio), Valpakine® (ácido valproico), Valprene® (valproato de sódio).

GRUPO FARMACOLÓGICO
Antiepiléptico; inativação dos canais de Na+ voltagem-dependentes.

APRESENTAÇÕES E PREÇOS COMERCIAIS
Cpr/cps de 200 (40 cpr R$ 7,87), 250 (25 cps de R$ 8,15), 300 (30 cpr R$ 13,78) e 500 mg (30 cpr R$ 23,00); frasco de 100 mL com 250 mg/5 mL (R$ 6,15).

APRESENTAÇÕES/PREÇOS GENÉRICOS
Fr de 100 mL com 50 mg/mL (R$ 4,35).

USO
Crises parciais (simples e complexas e secundariamente generalizadas) e generalizadas (ausência típica e atípica, mioclônicas, tônicas, clônicas, tônico-clônicas); mania aguda; profilaxia da enxaqueca.

CONTRAINDICAÇÃO
Desordens do ciclo da ureia, doenças hepáticas, gestação (categoria de risco D).

POSOLOGIA
Iniciar com 250 mg, 1x/dia, VO. Pode ser aumentada para 250 mg, 3x/dia, no curso de 3-6 dias. Dose máxima: 60 mg/kg/dia. A retirada deve ser gradual para evitar síndrome de abstinência ou a ocorrência de crises epilépticas. Os cpr de liberação prolongada podem ser administrados 1x/dia.

MODO DE ADMINISTRAÇÃO
VO. Administrar os cpr com alimentos.

EFEITOS ADVERSOS
Os efeitos mais comuns (> 1%) incluem sonolência, tontura, insônia, nervosismo, alopecia, náusea, vômito, diarreia, dor abdominal, dispepsia, anorexia, trombocitopenia, tremor, fraqueza, infecções do trato respiratório superior, hipertensão, palpitação, edema, taquicardia, amnésia, depressão, ganho de peso, visão borrada. Os menos comuns (< 1%) são agranulocitose, trombocitopenia, alteração no tempo de coagulação, alteração da função hepática, hepatotoxicidade, pancreatite, anemia aplásica, alucinações, síndrome dos ovários policísticos, ataxia, alterações cognitivas, hiperglicemia, amenorreia, dismenorreia, incontinência urinária, retenção urinária.

RECEITUÁRIO
Receita de Controle Especial em duas vias.

COMENTÁRIO
As formas de valproato ou divalproato de sódio parecem ser melhor toleradas do que a forma ácido valproico, especialmente em relação aos efeitos no TGI.
A hepatotoxicidade é maior em crianças menores de 2 anos de idade.
Idosos podem requerer doses menores.
Devem ser realizados periodicamente hemograma completo e provas de função hepática nos primeiros 3 meses; após, a cada semestre. Uma vez ao ano é recomendada a monitoração dos triglicerídeos e colesterol séricos. Aumentos de até 3 vezes o limite superior da normalidade para as transaminases não requerem a suspensão do medicamento. Pode ocorrer teste falso-positivo para cetona na urina.
Os níveis terapêuticos estão entre 50-100 µg/mL para a epilepsia e 50-125 µg/mL para a mania; o tempo de equilíbrio é de quatro dias.



Categoria: Medicamentos.

2 Comentários em Bula de Remédio: Valproato de sódio / Ácido Valproico

  1. O medico passou volproato p/ o meu neto tomar 3 vezes ao dia,mas o neuro pediatra dele disse q nao pode tomar o acido volproato pq el te transtorno global do desenvolvimento, gostaria de uma resp. de vcs.por favor o mais rapido possivel.

  2. CATIA MEIRELLES says:

    A MÉDICA PASSOU PARA MINHA NETINHA DE 2 ANINHOS VALPROATO DE SÓDIO UMA VEZ AO DIA MAIS ELA ESTA MUITO CHORONA E NERVOSA JA PESQUISEI QUASE TUDO SOBRE ESTE MEDICAMENTO MAIS CONTINUOP COM DUVIDA ? É NORMAL ESTES SINTOMAS….

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>