Exames de Eletrólitos – Cálcio Total – Ca++


_

VALORES DE REFERÊNCIA

8,5-10,5 mg/dL (2,1-2,6 mmol/L SI)

DESCRIÇÃO

O Cálcio está presente no sangue em duas formas, 50% em um estado livre, e os outros 50% ligado às proteínas plasmáticas, principalmente à albumina. O cálcio que está circulando no estado livre é biologicamente ativo e participa da contração muscular, transmissão de impulsos nervosos, função cardíaca e coagulação sanguínea. O armazenamento de cálcio nos ossos serve como reservatório e será liberado na corrente sanguínea com o objetivo de manter níveis normais de cálcio no sangue. Uma vez que grande parte do cálcio circulante está ligado à albumina, os níveis de cálcio no sangue devem ser interpretado em relação aos níveis séricos de albumina. A medida do cálcio total no sangue inclui a soma do cálcio ligado a albumina com o cálcio livre.

ALTERAÇÕES:
VALORES AUMENTADOS

Acromegalia
Doença de Addison
Abuso de antiácido
Desidratação
Doença de Hodgkin
Hiperparatiroidismo
Hipertireoidismo
Imobilização prolongada
Leucemia
Câncer de pulmão
Câncer ósseo metastático
Mieloma múltiplo
Doença de Paget
Tumor da paratireóide
Câncer renal
Acidose respiratória
Sarcoidose
Intoxicação por vitamina D
Síndrome de Williams
Drogas: andrógenos, antiácidos, carbonato de cálcio, gluconato de cálcio, sais de cálcio, ergocalciferol, estrógenos, hidralazina, indometacina, lítio, hormônio da paratireóide e da tireóide, progesterona, tamoxifeno, teofilina, diuréticos tiazídicos, vitamina A, vitamina D

VALORES DIMINUIDOS

Pancreatite aguda
Alcoolismo
Doença renal crônica
Diarréia
Hipocalcemia neonatal precoce
Hiperfosfatemia
Hipoparatireoidismo
Albumina baixa
Má absorção
Transfusões de sangue maciças
Alcalose metabólica
Osteomalácia
Insuficiência renal
Raquitismo
Desnutrição grave
Deficiência de vitamina D
Drogas: acetazolamida, antiácidos, anticonvulsivantes, aspirina, barbitúricos, calcitonina, cisplatina, corticosteróides, colestiramina, furosemida, gastrina, gentamicina, glucagon, glicose, heparina, hidrocortisona, ferro, insulina, laxantes, diuréticos, sais de magnésio, meticilina, fenobarbital, fenitoína, sulfonamidas.

OBSERVAÇÕES

O jejum normalmente não é necessário, porém alguns laboratórios indicam jejum.
A principal proteína ligadora ao cálcio é a albumina sérica, e por isto, na presença de hipoalbuminemia, deve-se corrigir os níveis da dosagem do cálcio total através da seguinte fórmula: cálcio total corrigido = cálcio total medido + ( 4 – albumina ) x 0,8.

RECIPIENTE DE COLETA

Tampa Amarela

Gel separador com ativador de coágulo. Homogeinizar o tubo por inversão 5 vezes.



Categoria: Eletrólitos, Exames.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>